[ENFERMAGEM] Vice-Presidente do Senado, Veneziano articula aprovação de Projeto do piso nacional dos enfermeiros junto às bancadas

O Vice-Presidente do Senado Federal, Senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) estabeleceu um cronograma de articulações junto às bancadas no Senado visando a aprovação do Projeto de Lei 2564/2020, que estabelece o piso nacional dos enfermeiros. Segundo Veneziano, não basta apenas declarar apoio à iniciativa, mas também articular para que ela seja aprovada e sancionada, tornando-se lei.

Veneziano vem explicitando uma preocupação a entidades que representam a classe em todo o Brasil. Segundo ele, é preciso uma estratégia política muito bem montada não apenas para que haja a aprovação da proposta, mas também para que ela não esbarre em um eventual veto presidencial ou em outro artifício que impeça a sua efetivação.

Senador Veneziano Vital (MDB), Vice-Presidente do Senado Federal

Esta preocupação também foi externada recentemente, durante encontro remoto organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e Borborema – Sintab, em defesa do Piso Nacional da Enfermagem e pelas 30 horas semanais, que contou com a participação das presidentas Larissa Carneiro (ASPEN-CG), Rayra Beserra (COREN-PB) e Carminha Soares (SINFEMP), representantes dos profissionais da enfermagem.

Veneziano citou como exemplo de estratégia que deu resultado a aprovação do piso nacional para os Agentes Comunitários de Saúde – ACSs. Ele lembrou que, na época, exercia mandato de deputado federal e teve o cuidado de trabalhar não apenas para que a matéria fosse aprovada, mas que houvesse a garantia, sobretudo por parte dos líderes do governo, de que haveria a sanção presidencial, o que acabou ocorrendo.

Na qualidade de Vice-Presidente do Senado, Veneziano se colocou à disposição dos profissionais da enfermagem para encabeçar uma estratégia que garanta este mesmo resultado. Ele, inclusive, já manteve contatos com o Senador Fabiano Contarato (REDE-ES), que é o autor da proposta no Senado; e com a Senadora Zenaide Maia (PROS-RN), relatora do PL, para que, juntos, possam encontrar a melhor maneira de garantir a aprovação e posterior sanção presidencial.

“Não será tarefa fácil, mas temos que nos articular e definir uma estratégia política que alcance êxito. “Nenhum reajuste se dará sem que o governo federal se comprometa a fazer os repasses que garantam o pagamento do piso. Não há como desconhecer que municípios que são dependentes, diretamente, de transferências do FPM ou de outras parcelas mínimas do ICMS, não tem receitas próprias para isso”, lembrou Veneziano.

Segundo ele, na discussão do piso salarial dos ACSs também se questionava o comprometimento do governo federal sobre as transferências para garantir o pagamento. “Se nós não conseguirmos colocar na mesa de negociações e não conseguirmos sensibilizar o governo federal, a gente vai ter uma dificuldade muito maior, porque há resistência não apenas por parte do setor privado, mas também do setor público”.

Veneziano disse que aprovar a matéria necessitará esforços, mas a sua efetivação exigirá muito mais. “Chegar aqui e dizer: vamos votar, vamos, creio que já temos maioria no Senado e na Câmara para isso, mas fazer esse trajeto e, mais à frente, ter um veto presidencial ou a resistência exposta e posta pelo governo a partir da sua equipe econômica, não vai adiantar. A grande tarefa nossa é mostrar a importância e a justiça que se fará a este segmento que é tão importante e fundamental, e isso tem sido visto no dia a dia dos hospitais e serviços de saúde, porém, de forma mais intensa nos dias de hoje, por conta da pandemia”.

Durante o encontro, foi veiculado um vídeo da senadora Nilda Gondim (MDB-PB), que não pôde participar porque estava em deslocamento, mas externou seu apoio à matéria e se colocou também à disposição para participar dessa articulação.

Assessoria de Imprensa

[PSICOLOGIA] Autossabotagem, duvidas sobre sua própria capacidade, você conhece a Síndrome do Impostor? Por Letícia Melo

A Síndrome do Impostor consiste em um padrão de pensamentos e comportamentos, onde a pessoa afetada duvida constantemente de suas realizações, temendo ser exposta enquanto uma fraude ou enquanto um(a) profissional incompetente. É uma síndrome comum entre pessoas que têm profissões competitivas ou onde são avaliadas constantemente, a exemplo dos atletas, profissionais da educação e pós-graduandos.

Imagem internet

As perdas, críticas e falhas são internalizadas, criando uma persistente insegurança e a incapacidade de reconhecer suas conquistas e feitos. A Síndrome do Impostor é caracterizada por comportamentos como uma auto cobrança excessiva, autossabotagem nas tarefas, procrastinação, medo de expor seu trabalho, comparação constante com colegas e a necessidade de agradar aos outros.

O enfrentamento à Síndrome do Impostor exige o combate ao isolamento no ambiente de trabalho. Trocar experiências sobre suas dificuldades e inseguranças com colegas possibilita a percepção de que você não é a(o) única(o) a vivenciar essas questões. Além disso, a troca de experiências auxilia na descoberta de soluções para problemáticas vivenciadas.

Se a Síndrome do Impostor se torna incapacitante, ou seja, impede a execução das atividades necessárias ao exercício profissional, recomenda-se que a psicoterapia seja buscada, para que as questões motivadoras de sofrimento sejam trabalhadas. Enfrentar essa síndrome perpassa o reconhecimento das suas próprias qualidades e conquistas.

Confira a postagem nas redes sociais:

Dra. Letícia de Mélo Sousa
Psicóloga (CRP/13 – 6856). Doutora e Mestra em Psicologia Social pela UFPB. Professora Adjunta na UNIFACISA
Pesquisadora nas áreas de gênero e sexualidade, violência contra a mulher e violência online.

Secretária Rafaela fala sobre Projetos de Proteção à Juventude na Rádio Princesa FM

Nesta quarta-feira (05), a Secretária Executiva de Juventude do Governo da Paraíba, Rafaela Camaraense, concedeu entrevista ao programa institucional “Fala Princesa”, da Prefeitura Municipal de Princesa Isabel, na Rádio Princesa FM 92,5.

Na ocasião, a Secretária foi convidada a falar sobre os projetos do Governo da Paraíba de proteção aos adolescentes e jovens paraibanos.

Secretária Rafaela Camaraense.
Foto: Reprodução.

Rafaela destacou que neste mês o Governo do Estado vem trabalhando no sentido de implantar um projeto interventivo para os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) incentivando os municípios a desenvolverem ações articuladas com a rede de proteção contra o abuso e exploração de crianças e adolescentes, com a campanha estadual “Estamos em Desenvolvimento: proteja-nos!”. A gestora enfatizou que este projeto está sendo realizado considerando também as problemáticas do momento pandêmico.

Além da campanha de combate ao abuso e exploração de crianças e adolescentes, Camaraense também chamou a atenção dos ouvintes da Serra do Teixeira para os programas da gestão estadual na educação e no empreendedorismo para a Juventude.

A Secretária convidou os jovens a se inscreverem no curso Juventude Empreendedora, através do site: www.juventudeempreendedora.com, que é uma parceria da Secretaria com o Conselho Nacional de Juventude, para fomento ao empreendedorismo, qualificação profissional e protagonismo juvenil nos negócios.

Outros projetos que estão sendo formulados, de acordo com Rafaela Camaraense, envolvem a questão da Saúde Mental dos jovens, que têm sido os maiores afetados durante a Pandemia. A representante estadual da Juventude declarou que a Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (SEJEL) tem buscado implementar em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia e as Universidades, um programa que ajude os jovens paraibanos com relação à sua saúde psíquica, para amenizar os efeitos deste momento difícil.

Redação Gabinete Paraíba

Após vencer o BBB, Juliette Freire elogia Governador pelos avanços da Paraíba na pandemia

Juliette e João Azevêdo.
Imagem: Maurílio Júnior/Reprodução.

O Governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), assim como outros políticos paraibanos e de outros estados, utilizaram suas redes sociais para parabenizar a vencedora do Big Brother Brasil 2021. A declaração do gestor estadual foi postada na sua conta oficial no Twitter.

“À Juliette os nossos parabéns pela vitória, mas acima de tudo o reconhecimento pela importância de contar um pouco sobre nossa amada Paraíba para milhões de pessoas. Somos todos Paraíba”, tuitou o Governador.

A participante e vencedora do reality, a campinense e paraibana Juliette Freire, após receber o elogio do Governador no Twitter, respondeu ao gestor estadual, nesta quarta-feira (05), através de sua equipe de mídia, com um elogio ao Governo do Estado da Paraíba pelo trabalho frente à Pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19).

“Em nome dela, nosso obrigada, Governador, obrigada ainda, pela Paraíba ser um dos estados mais avançados na campanha de vacinação, por acreditar na ciência nesse momento delicado do país. Paraíba no Topo!”, tuitou a equipe de Juliette.

Além do gesto de reconhecimento do Governador, foi aprovada, nos últimos dias, a concessão da medalha Epitácio Pessoa (mais alta honraria do legislativo estadual), pela Assembleia Legislativa da Paraíba, para a advogada, uma proposição do Deputado Estadual Ricardo Barbosa (PSB).

“O amor e cumplicidade de Juliette por nossa Paraíba lhe transformam na maior influenciadora personagem do nosso desenvolvimento. Ela consegue divulgar a Paraíba como destino turístico melhor do que qualquer agente público conseguiria fazê-lo”, destacou o autor da proposta.

A Câmara Municipal de João Pessoa, através de Projeto de Decreto Legislativo n° 8/2021, do vereador Bruno Farias (Cidadania) também já se prepara para conceder o título de cidadã pessoense a Juliette Freire, que nasceu em Campina Grande, mas adotou há alguns anos, a capital do estado para viver.

“O Poder Legislativo tem a honra de prestar justa homenagem a Juliette Freire que vem representando e divulgando João Pessoa de forma tão positiva e autêntica”, justificou o vereador.

Redação Gabinete Paraíba

Fala Juventude entrevista jovem Gustavo de Souza líder comunitário em Santa Rita

Programa vai ao ar a partir das 18h, na 105,5 FM.

Em homenagem ao Dia do Líder Comunitário, o Fala Juventude – programa mais jovem do rádio paraibano – desta quarta-feira (05) vai abordar o tema das jovens lideranças comunitárias.

Card de divulgação.
Foto: Fala Juventude/Reprodução.

O entrevistado desta semana é Gustavo de Souza, de 25 anos, psicólogo, produtor cultural, desportista e líder comunitário no município de Santa Rita.

Além de Gustavo, outros jovens também participarão do rolê do programa.

O Fala Juventude vai ao ar às 18h, na Rádio Tabajara FM 105,5, com apresentação de Wéverton Correia, Denise Miranda, Jônatas Castro e trabalhos técnicos de Ivan Machado de Lima.

Redação Gabinete Paraíba

Espaço LGBT de João Pessoa passa por manutenção e atendimento é realizado online

O Centro Estadual de Referência dos Direitos de LGBT e de Enfrentamento à LGBTfobia da Paraíba – Espaço LGBT, está passando por manutenção neste período da pandemia.

Espaço LGBT. Imagem: Reprodução.

O Gerente Estadual de Direitos LGBT, da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (SEMDH) Fernando Luiz, apelou para que as pessoas divulgassem nas suas redes sociais, que o atendimento, durante o período de manutenção do espaço será realizado de modo online, por meio das redes sociais.

“O Espaço LGBT de João Pessoa está passando por uma manutenção para melhor atender à nossa população. Mas a Secretaria e o Centro continuarão cuidando das pessoas que necessitarem de atendimento, por meio de nosso WhatsApp. Pedimos a toda comunidade LGBT e aos militantes dos direitos humanos que espalhem para os seus grupos, por favor, para os grupos das bases das entidades e postem nas redes sociais esta informação”, apelou Fernando.

Fernando Luiz, Gerente de Direitos LGBT. Foto: Instagram/Reprodução.

Para entrar em contato com o Espaço ou com a Gerência, basta mandar uma mensagem no WhatsApp: (83) 99119-0157 e acompanhar as redes sociais para mais informações.

Divulgação. Imagem: SEMDH/Reprodução.

Redação Gabinete Paraíba