[COVID-19] Governador João Azevêdo garante: Não faremos lockdown na Paraíba

Sai nesta quarta-feira (10), o Decreto com as medidas mais restritivas quanto à Pandemia da Covid-19.

Governador João Azevêdo (Cidadania). Foto: Reprodução/Governo da Paraíba.

O governador João Azevêdo (Cidadania) informou nesta terça-feira (9), durante Live para anunciar medidas de assistência social para família em vulnerabilidade, que a Paraíba não terá lockdown.

Um novo decreto será emitido, amanhã, com medidas mais restritivas, porém, de acordo com o governador, com ponto de equilíbrio para que os setores econômicos continuem funcionado.

“Não faremos lockdown na Paraíba. Existe pessoas que propagam mentiras sobre isso. Não acreditem nessas pessoas. Estamos encontrando o ponto de equilíbrio para que os segmentos possam continuar. Não haverá lockdown”, sustentou.

Fonte: Blog do Anderson Soares.

[LIGA DOS CAMPEÕES] Dragões eliminam Juventus na prorrogação e seguem para as quartas de final

Jogo foi duro e dramático, mas gol de Sérgio Oliveira garantiu portugueses nas quartas da Liga.

FC Porto. Foto: Reprodução/RTP/FC Porto.

O Futebol Clube do Porto está nas quartas de final da Liga dos Campeões! Jogo duro e bastante dramático diante da Juventus, mas veio a classificação, após prorrogação.

Os dragões, que jogaram desde o segundo tempo com apenas 10 jogadores (com a expulsão de Taremi, aos 54 minutos), foram derrotados por 3 a 2, mas garantiram a classificação devido ao maior número de gols marcados fora de casa (tinham vencido a primeira partida por 2 a 1).

A equipe comandada por Sérgio Conceição entrou bem em Turim e abriu o placar numa grande penalidade convertida por Sérgio Oliveira, aos 19 minutos.

A Juventus respondeu na segunda etapa. Chiesa fez o gol do empate. O lateral italiano viria também a marcar o segundo gol da Velha Senhora.

No tempo normal, o jogo acabou em 2 a 1 para os italianos e seguiu para a prorrogação, onde Sérgio Oliveira marcou um novo gol para os portugueses; o gol acabou por ser decisivo.

Rabiot ainda voltou a marcar para a Juventus, mas não impediu que o FC Porto lograsse êxito, marcando a presença entre as oito melhores equipes da Europa, algo que consegue pela 11.ª vez.

Gabinete Paraíba com informações de A Bola.

Governador anuncia a distribuição de 600 mil cestas básicas, isenção de pagamento de água e reajuste de 42% no Cartão Alimentação

Além das cestas básicas, Governador anuncia outras medidas.

Governador João Azevêdo. Foto: Reprodução.

O governador João Azevêdo (Cidadania) anunciou, nesta terça-feira (9), mais uma série de medidas sociais voltadas às famílias em situação de vulnerabilidade social e a segmentos afetados pela pandemia do coronavírus. As ações têm um amplo alcance e serão iniciadas de forma imediata em todo o estado, assegurando, entre outras providências, a distribuição de 600 mil cestas básicas, a isenção do pagamento de tarifas de água, o reajuste de 42% no valor do Cartão Alimentação e o aumento das refeições nos restaurantes populares nos próximos dois meses. As medidas serão publicadas em edição suplementar do Diário Oficial de hoje.

O chefe do Executivo estadual anunciou que das 600 mil cestas básicas que serão distribuídas, 100 mil serão destinadas a pessoas em situação de vulnerabilidade social e segmentos mais afetados pela pandemia e 500 mil para os alunos da rede pública estadual nos meses de março e abril.

Ele também assegurou a isenção do pagamento das contas de água de 26 mil famílias cadastradas na Tarifa Social. A medida também irá contemplar bares, restaurantes, pizzarias, lanchonetes e sorveterias, cadastradas junto à Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) na razão social das empresas nos meses de março e abril. Durante 60 dias estará suspenso o corte de água por atraso de pagamento para consumidores residenciais, com consumo de até 10 metros cúbicos por mês.

João Azevêdo também determinou o reajuste em 42% no valor do Cartão Alimentação, que passará a ser de R$ 50,00 para as atuais 52 mil famílias beneficiárias do programa e a ampliação do atendimento dos Restaurantes Populares, passando, nesses dois meses, de 184 mil para 276 mil refeições. Também ampliou as ações de assistência social e segurança alimentar voltadas à população em situação de rua, com aumento de 50% no número de refeições diárias fornecidas.

A gestão estadual ainda irá adquirir 500 toneladas de alimentos e 60 toneladas de peixe da Agricultura Familiar que serão distribuídas com pessoas em situação de vulnerabilidade social.

As ações ainda contemplam a duplicação da destinação de recursos das ações do Projeto Acolher para atender as necessidades de custeio das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e a manutenção do parcelamento dos débitos do ICMS em até 60 meses.

Fonte: Governo da Paraíba.

Aprovado Projeto de lei que prevê multa a quem proibir amamentação em estabelecimentos na Paraíba

“A senhora pode se dirigir ao fraldário? Aqui não é lugar pra fazer isso”. Essas foram as palavras ouvidas por Raíssa Fernandes de um segurança, enquanto amamentava sua filha na praça de alimentação de um shopping em Campina Grande. De acordo com a empresária, mãe de 4 filhos, aquelas palavras foram quase uma agressão.

Uma pesquisa realizada pela Global Lasinoh do Aleitamento Materno, em 2017, assim como Raíssa, 40% das mães brasileiras afirmaram que foram criticadas por amamentar em público. “Me senti tão constrangida que fui embora do shopping”, afirmou.

De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde, o leite materno é o único alimento necessário nos seis primeiros meses de vida de um bebê, e é incentivado até os dois anos de vida da criança. Os benefícios da amamentação são reconhecidos, mas esbarram na falta de sensibilidade por parte considerável da população.

Com o intuito de garantir que situações como essas não sejam mais permitidas, a deputada estadual Estela Bezerra apresentou o Projeto de Lei 769/2020, que dispõe sobre o direito ao aleitamento materno nos estabelecimentos públicos e privado da Paraíba.

De acordo com o projeto, aprovado nesta terça-feira (9) na Assembleia Legislativa da Paraíba, todo estabelecimento deverá permitir o aleitamento materno, além de prever multa para o locar que constranger ou proibir a amamentação em seu interior.

Para Katarine Silva, do Coletiva Pachamamá, (Rede de apoio, empoderamento materno e infância livre), o projeto é um marco histórico para as mães lactantes da Paraíba. “Infelizmente o aleitamento no Brasil segue sendo um tabu social e motivo de constrangimento. Muitas mães não recorrem aos seus direitos preferenciais com medo de represálias ou reclamações das pessoas. Entendemos e apoiamos a significância deste projeto e estaremos comprometidas para que ele seja efetivado em todos os municípios da Paraíba”, afirmou Katarina, da cidade de Bananeiras.

Raysa Agra, produtora cultural

 “Compreender a importância do aleitamento materno como prioridade na primeira infância, é compreender a necessidade dessa lei”, afirma Raysa Agra, produtora cultural. “Sendo o leite materno considerado como alimento exclusivo, não tem porque ficar questionando onde e quando uma mulher amamenta. Projetos de lei assim são de extrema importância pra combater o avanço de tanto conservadorismo”, afirmou.

Raíssa Fernandes reforça a necessidade do respeito pela maternidade e seus direitos. “Nós mães, que sempre batalhamos pela amamentação em livre demanda, sentimos que essa lei tem uma importância significativa para garantir nossos direitos, e o direito dos nossos filhos”.

O Projeto de Lei 769/2020 agora segue para ser sancionado pelo governador João Azevedo.

Fonte Paraíba Feminina

Gasolina sobe 8,65% até fevereiro e ultrapassa R$ 5 em 20 Estados

Rio – O preço médio da gasolina até fevereiro subiu 8,65% este ano nos postos de combustíveis, segundo a Ticket Log, empresa da Edenred Brasil. O combustível já é comercializado acima dos R$ 5,00 o litro em 20 Estados brasileiros, o que não era registrado desde 2011, início da série histórica do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), que faz o levantamento em 18 mil postos espalhados pelo País.

“Em janeiro, apenas três Estados registraram valores acima desta faixa (R$ 5/l). Um avanço que está relacionado aos anúncios de aumento dos preços feitos pela Petrobras no período, que por sua vez segue uma política baseada no mercado internacional do petróleo”, informou Douglas Pina, chefe de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Este ano, a Petrobras já elevou seis vezes o preço da gasolina nas suas refinarias, acumulando no ano alta de 54% até esta terça-feira, 9, contra igual período do ano passado.

Segundo o levantamento, desde maio, quando houve o último recuo do preço da gasolina, o valor médio do combustível subiu 27,39%

O Acre foi o Estado que apresentou o preço mais caro da gasolina em fevereiro, de R$ 5,484 o litro, enquanto o Amapá teve o menor preço, de R$ 4,601 o litro. A maior alta do mês, de 9,01%, foi no Amazonas, onde o combustível passou a ser encontrado nas bombas por R$ 4,946 o litro. Entre as regiões, apenas a região Sul se manteve abaixo da faixa de R$ 5,00 para o preço médio da gasolina.

Etanol

Já o etanol teve o nono aumento consecutivo em fevereiro, subindo 3,16% me relação a janeiro e com preço médio de R$ 3,898 o litro nas bombas. No ano, a alta do biocombustível é de 5,58%.

O Rio Grande do Sul registrou o preço mais caro pelo etanol, de R$ 4,542 o litro, enquanto em São Paulo o preço médio em fevereiro era de R$ 3,228 o litro, o mais barato do País. O maior aumento de fevereiro foi no Pará, de 9,87%, o que levou o combustível a um custo médio de R$ 4,419 por litro.

O maior aumento do etanol em fevereiro, de 3,88%, foi registrado na região Nordeste. Já a região Norte registrou a menor alta, de 2,60%, mas o preço médio mais caro, de R$ 4,059. O etanol mais barato foi encontrado no Centro-Oeste, por R$ 3,639.

“O etanol é 10% mais barato na região Centro-Oeste, se comparada com a região Norte, enquanto a gasolina é 5% mais barata no Sul na comparação com o Nordeste”, segundo Pina.

Fonte O Dia

[CULTURA] Festival Internacional Slam das Pretas será realizado nos dias 11, 12 e 13 de março

Evento reunirá mulheres negras poetisas de quatro países da América Latina e do Continente Africano.

Card de divulgação. Foto: Reprodução.

O Festival Slam das Pretas no Espaço Lusófono, ocorrerá entre os dias 11, 12 e 13 de Março desse ano, através das redes sociais, nos perfis do Youtube e Instagram. O projeto que, segundo a própria organização, pretende reunir a apresentação e fala de mulheres de 4 países, entre poetisas, historiadora, comunicadora social, performances e música em uma única cena de troca de afetos e poesia. Serão mais de 30 atrações em três dias de evento.

De acordo com a organização, a proposta é que o evento seja um espaço de “intercâmbio cultural de poetisas negras de países lusófonos”. A iniciativa Slam das Pretas no Espaço Lusófono já está na sua quarta edição, mas pela primeira vez sendo apoiada pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc da Paraíba. Nesse formato de festival foram escolhidos 3 dias para homenagear personalidades importantes do movimento de mulheres negras.

O primeiro dia será uma homenagem a Lélia Gonzalez, o segundo dia uma homenagem à Carolina Mana de Jesus e para o terceiro dia a homenageada será Xica Movicongo. O festival se propõe a criar um ambiente de intercâmbio cultural entre poetisas negras e de países no espaço lusófono. Nesse contexto, o evento consiste em apresentação de poesias faladas e também uma roda de conversa com as participantes, possibilitando que as artistas compartilhem suas vivências e experiências na cena da cultura. O evento também conta com atrações musicais já consolidadas, com suas apresentações intercaladas com poetisas, contribuindo para uma atmosfera rica de manifestações artísticas negras, femininas
e potentes.

Entre as atrações confirmadas para o evento, teremos a Bixarte, Adelaide, Bia Ferreira e a Historiadora Bruna Santiago. As atrações terão inicio as 20 horas e encerramento as 22 horas.

Sobre o Evento

O evento nasceu na periferia do Pedregal, na cidade de Campina Grande e agora já está na sua quarta edição internacional entre países de Africa Lusófona e Colômbia, visando abrir caminhos para o primeiro festival “Améfrica Ladina”.

Redação Gabinete Paraíba com informações da Organização do Evento.

Robeyoncé, Co-Deputada Estadual de Pernambuco, será a entrevistada do Fala Juventude nesta quarta

Entrevistada é também a primeira Advogada Travesti do Estado de Pernambuco.

Co-Deputada Estadual Robeyoncé Lima (PSOL). Foto: Reprodução.

Nesta quarta-feira (10), o “programa mais jovem do rádio paraibano”, estará entrevistando a Co-Deputada Estadual de Pernambuco, Robeyoncé Lima (PSOL – PE).

Robeyoncé é a primeira Advogada Travesti do estado vizinho e foi eleita Co-Deputada para a ALEPE, pelo Movimento de Mulheres do PSOL Pernambucano, o “Juntas”, com mais quatro mulheres, obtendo 39.175 votos nas eleições em 2018.

Co-Deputadas Estaduais do “Juntas” (PSOL-PE). Foto: Reprodução/Robeyoncé Lima.

A entrevista desta semana, do Fala Juventude, é mais uma em alusão à programação especial do Mês da Mulher, em parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana do Governo da Paraíba.

O tema abordado será “Mulheres Trans nos espaços de Luta e Poder”.

Card de divulgação do programa. Foto: Reprodução/ Fala Juventude.

O Fala Juventude vai ao ar às 20h, na Rádio Tabajara FM 105,5, com apresentação de Wéverton Correia, Heitor Marinho e trabalhos técnicos de Ivan Machado.

Redação Gabinete Paraíba

Ex-Presidenta Dilma afirma: ‘Ciro parece querer ser uma variante de Bolsonaro’

Petista usou seu Twitter para rebater as declarações do ex-governador do Ceará.

Dilma Rousseff (PT). Foto: Reprodução.

A ex-Presidente Dilma Rousseff (PT), neste 08 de Março, dia internacional, que marca a luta das mulheres na História, teve a insatisfação de receber palavras bastante desrespeitosas e pouco amigáveis do ex-Ministro e presidenciável, Ciro Gomes (PDT).

Ciro afirmou que a petista foi “outro aborto na história brasileira” (o primeiro foi Fernando Collor). Ele ainda afirmou que o Governo da Presidenta foi o pior da história do país, perdendo apenas para o de Bolsonaro (sem partido).

Seis anos da Dilma, que foi o pior governo, antes do Bolsonaro, da história do Brasil. Você pensa que eu tenho prazer em dizer isso? Eu apoiei a Dilma, sabendo que a Dilma não tinha treinamento nenhum.”

Mas a Presidenta não deixou barato. A Mulher que enfrentou as dores e torturas da Ditadura Militar, não se abalaria facilmente com as declarações do pedetista.

Dilma foi ao seu Twitter e rebateu as declarações de Ciro Gomes.

“Mais uma vez Ciro se dedica a um ataque contra mulheres, de caráter misógino, reforçando a retórica machista e retrógrada tão em voga nos tempos atuais. Esse discurso preconceituoso fica bem aos reacionários, não a quem almeja conduzir os destinos da Nação no século 21. É vergonhoso e lamentável. Ciro parece querer ser uma variante de Bolsonaro e, para isso, ataca a mim, a Lula e ao PT. O discurso de ódio é igual.”

Veja a postagem da Ex-Presidenta:

Foto: Reprodução/Twitter

Redação Gabinete Paraíba com informações da Carta Capital.

Anísio Maia dispara: “Processo contra Lula foi armação desde o começo”

Parlamentar diz que todo processo foi uma farsa e que prejudicaram a imagem do ex-Presidente.

Deputado Anísio Soares Maia (PT-PB).
Foto: Reprodução.

O Deputado Estadual Anísio Maia declarou em nota que STF deve assumir que processo contra Lula foi uma armação, após Supremo Tribunal Federal anular condenações contra Lula, dentro da Operação Lava Jato. Nota na integra:

“A defesa de Lula passou anos afirmando e cobrando do STF que a Vara de Curitiba era incompetente para julgar as acusações contra ele. Enquanto isso, o juiz Sérgio Moro e seus cúmplices, Dallagnol e companhia, fizeram o que queriam com o processo. Massacraram Lula como desejaram. O prenderam por mais de um ano, constrangeram seus familiares, bloquearam seus bens e agora, depois que o mundo conheceu os autos com as patifarias de Moro, acordaram para fazer valer a legislação.

Provando que o STF mistura política com justiça, só agora, depois que Moro foi desmoralizado até no exterior, tomaram a decisão certa.

A pergunta que fica é: Anularam os processos. E quem vai restituir os direitos perdidos, os constrangimentos e, finalmente, por que só quando viram a casa caindo é que decidiram fazer justiça?

Essa decisão é para conceder o direito de defesa que Lula não teve em Curitiba ou para não admitir a parcialidade de Moro e seus aliados?

Esse processo contra Lula foi uma armação. É isso que o STF tem que declarar.”

Fonte: Radar Sertanejo.

[Mais Light] PSB pretende ser menos Soviético e mais Criativo, no futuro, com novo Estatuto

Partido está em processo de autorreforma e já paquera com nomes de liberais como Luciano Huck e Luiza Trajano.

Logomarca da autorreforma do PSB.
Imagem: PSB.

O Partido Socialista Brasileiro (PSB), está promovendo uma autorreforma para modernizar seu programa partidário. A proposta é buscar um socialismo “mais criativo” e “menos soviético”. Entre as novas orientações, que ainda precisam ser debatidas em congressos internos, a sigla defende a valorização da livre iniciativa e o afastamento do “estatismo que rondou algumas práticas socialistas, como a soviética”.

Os termos são do livro “Autorreforma do PSB, um passo adiante”, organizado pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira (PSB). A mudança deve ter início em setembro, a partir de congressos nos municípios e no Estado, com a expectativa de ser finalizada em novembro, pouco menos de um ano antes das eleições de 2022. A pavimentação de um novo caminho, com alguns desvios da rota original traçada na fundação do PSB, em 1947, visa contemplar o que defendem os filiados atualmente, em 2021.

Siqueira, em entrevista ao jornal O Globo, não descarta que a mudança pode facilitar o flerte do partido com perfis mais liberais economicamente, como a empresária Luiza Trajano – dona do Magazine Luiza – e o apresentador de TV Luciano Huck.

Apresentador Luciano Huck e a Empresária Maria Luiza Trajano. Foto: Reprodução.

“Não faz mais sentido nesta altura dos acontecimentos falar de socialização dos meios de produção. Isso é anacrônico e não corresponde ao nosso pensamento atual”, defendeu. Siqueira apontou, ainda, o Governador Casagrande (PSB-ES) como um dos pré-candidatos à Presidência da República em 2022.

Presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira. Foto: Givaldo Barbosa/Agência O Globo.

No Espírito Santo, o presidente do diretório estadual, Alberto Gavini, será um dos coordenadores dos debates que levará a construção da redação final do novo estatuto do partido. Ele afirma que a legenda não vai mudar de nome e nem deixar de ser de centro-esquerda, mas que é preciso “ampliar a capacidade de debate com a sociedade”.

“Nos últimos anos, muitas coisas mudaram. É claro que nenhum partido precisa perder seus princípios básicos, mas precisa atualizar algumas posturas para ajustar à nossa vida contemporânea. Os partidos precisam ser mais acolhedores, mais light, mais atrativos e receber mais pessoas. O Brasil perdeu a discussão política”, explica.

Para o cientista político João Gualberto Vasconcellos, a mudança do PSB demonstra uma tentativa do partido de ocupar um vácuo deixado pela polarização política do país, “dando um passo atrás” para se afastar da imagem do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), que volta a ganhar força após ter suas condenações anuladas pelo Supremo Tribunal Federal (STF); e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“As candidaturas de centro sofreram um grande impacto, com Lula de volta ao jogo. O PSB já está em um movimento de tentar ocupar essa lacuna que fica entre Lula e Bolsonaro, recuando um pouco e buscando esses nomes mais palatáveis (como o de Luiza Trajano e Luciano Huck). É normal um partido se atualizar, o que não é normal é uma agremiação ficar pinçando nomes, em vez de construir suas próprias lideranças, que surgem naturalmente dos debates internos, analisa.

Fonte: A Gazeta.