Movimento Pró-Lula reúne centenas de pessoas em noite de lançamento em Campina Grande

Aconteceu na noite dessa última quarta-feira, 11, em Campina Grande, no salão de eventos da AABB, o lançamento oficial do Movimento Pró-Lula em Campina Grande. O movimento suprapartidário reuniu centenas de pessoas, que se concentraram a partir das 17 horas e participaram do ato em apoio a pré-candidatura de Lula Presidente.

Estiveram presentes representantes de diversos movimentos sociais, sindicatos, movimento cultural, de juventudes, MST, Centrais Sindicais, ONGs, além dos partidos PT, MDB, PSOL, PODEMOS, PCdoB, Rede, PV e PSB, autoridades políticas e a população em geral, que compareceu em massa a noite de lançamento.

“Parabéns a Luis Inácio, pelo que representa e aglutina! Parabéns ao Movimento Pró-Lula por ter conseguido concretizar – com pessoas reais – a projeção da candidatura dele em Campina Grande: ampla, diferenciada e plural, mas com Unidade! Avante Brasil e Campina Grande: Lula Presidente!” Afirmou o Presidente do PT de Campina Grande, Hermano Nepomuceno

O ato foi marcado por discursos políticos, intervenções culturais, apresentações artísticas, que se intercalaram com gritos de apoio em nome de Lula. O ato em Campina Grande ocorreu cinco dias após a oficialização da Pré-candidatura de Lula, que ocorreu no último sábado, em evento realizado na cidade de São Paulo, que reuniu milhares de pessoas e foi transmitido para todo Brasil, através das Redes Sociais.

“Campina Grande com Lula”, essa é a bandeira principal do movimento, que lançou um manifesto público a toda população, que pode ser lido abaixo. A partir de agora, o movimento deve se reunir nos próximos dias para definir uma agenda de atividades e um cronograma de iniciativas, que possuem o objetivo de fomentar a candidatura do ex-Presidente por toda Campina Grande.

Manifesto: “Campina Grande com Lula”

Movimento Pró-Lula

É hora de mudar e a mudança é Lula Presidente do Brasil!

Campina Grande se une na defesa do emprego decente, da renda, do aumento real dos salários e contra a fome, contra o alto custo de vida, materializado pelo assustador aumento da cesta básica, do gás de cozinha e tantos outros serviços. Esta união é a favor da vida dos/as brasileiros/as, para que todos/as tenham a oportunidade de uma vida digna e com direitos sociais garantidos, educação e saúde públicas de qualidade, moradia, transporte público.

Esta união é por um país com justiça social e sustentabilidade ecológica e se materializa através do Movimento Pró-Lula, uma articulação ampla de forças políticas, partidos, parlamentares e movimentos sociais de Campina Grande. Campina que é uma cidade multicultural, do forró, da diversidade, da solidariedade, das periferias, cidade da inovação com as suas universidades e tantas outras iniciativas que levam o nome da cidade para o mundo. É esta cidade que se ergue na defesa da democracia e dos direitos humanos.

O Movimento Pró-Lula é um movimento de UNIDADE, uma Frente Ampla para eleger Lula, cada partido e força política seguirá seus caminhos para a eleição estadual, mas todos e todas estamos comprometidos/as com este movimento Lula e na construção de uma Campina Grande democrática, plural, diversa e com justiça social e ambiental.

Vamos juntos e juntas, vamos à vitória com Lula Presidente!

Campina Grande, 11 de maio de 2022, o ano da democracia.

Assinam:
1. Partido dos Trabalhadores – PT
2. Partido Comunista do Brasil – PCdoB
3. Partido Verde – PV
4. Partido Socialismo e Liberdade – PSOL
5. Partido Socialista Brasileiro – PSB
6. Rede Sustentabilidade – REDE
7. Movimento Democrático Brasileiro – MDB
8. Podemos
9. Central Única dos Trabalhadores – CUT
10. Central dos Trabalhadores do Brasil – CTB
11. Levante Popular da Juventude
12. Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST
13. Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB
14. Juventude do PT
15. União da Juventude Socialista
16. Nova Central
17. Força Sindical
18. Vereadora Jô Oliveira- Líder da Oposição
19. Vereadora Dona Fátima
20. Vereador Anderson Almeida
21. FFélix Araújo (ex-prefeito)
22. Comitê Advocacia com Lula
23. Comitê UEPB com Lula
24. Comitê UFCG com Lula
25. União Brasileira de Mulheres

Confira mais imagens da atividade:

Redação Gabinete Paraíba

OLÍMPIO ROCHA ENTRA NA JUSTIÇA CONTRA BRUNO CUNHA LIMA PARA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CAMPINA GRANDE E PEDE QUE O PREFEITO SEJA INVESTIGADO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

O Advogado e Professor Olímpio Rocha (PSOL), candidato a Prefeito de Campina Grande em 2020 e atual pré-candidato a Deputado Estadual, ajuizou Ação Popular contra o Prefeito Bruno Cunha Lima pedindo à Justiça que determine o imediato andamento do Processo de Revisão do Plano Diretor da Cidade.

Olímpio Rocha

Também são réus na Ação o próprio Município de Campina Grande e o atual Secretário de Planejamento e Presidente do Comitê Gestor do Plano Diretor, Félix Araújo Neto.

Na Ação, Olímpio lembra que o atual Plano Diretor é ainda do ano de 2006, sendo que deveria ter sido revisado, no máximo, em 2016, já que o Estatuto das Cidades determina o prazo de 10 anos para tal revisão, o que não ocorreu.

_O Advogado também pede que o Ministério Público da Paraíba seja oficiado para que apure a prática de improbidade administrativa tanto da parte do atual Prefeito, Bruno Cunha Lima, como da parte do ex-Prefeito Romero Rodrigues, que teve 8 anos para fazer a revisão do Plano Diretor mas nada fez, incorrendo em improbidade administrativa._

Olímpio afirma que o prefeito “chegou a baixar o Decreto Municipal nº 4.599/2021, de 02 de agosto do ano passado, traçando regras para a atualização do Plano Diretor mas, de lá para cá, tudo quedou inerte. Como se diz no popular, foi um decreto para inglês ver, continuando omissa a edilidade quanto à exigência legal para elaboração do novo PDCG.”

O Plano Diretor tem previsão constitucional e é instrumento imprescindível para a política urbana e ambiental, devendo prever uma série de instrumentos administrativos e políticas públicas para o desenvolvimento sustentável da cidade ao longo da década.

Há várias decisões Brasil afora, tanto em sede de Ação Popular quanto em Ação Civil Pública, que reconhecem a imposição legal no tocante à necessidade de revisão do Plano Diretor.

A Ação Popular, igualmente fundamentada na Lei Orgânica do Município de Campina Grande, também pede a condenação dos réus em danos morais coletivos, no importe mínimo de R$ 100.000,00, pela omissão na atualização do Plano Diretor, tendo sido distribuída para a 3ª Vara de Fazenda Pública de Campina Grande, sob o numero 0810415-46.2022.8.15.0001, e está conclusa para decisão liminar.

Veja:

SOLEDADE: SERVIDORES DA EDUCAÇÃO REAGEM A TENTATIVA DE CALOTE DA PREFEITURA COM OS RECURSOS DO FUNDEB

A direção do Sintab Soledade realizou na última sexta-feira, dia 29, Assembleia com os Servidores da Educação para deliberar sobre as negociações do rateio do Fundeb entre a categoria e a gestão de Geraldo Moura. O encontro aconteceu após a negativa do prefeito em conceder o rateio dos recursos do Fundeb entre os profissionais da educação, mesmo havendo sobras disponíveis no município. Como deliberação, a categoria decidiu que irá realizar Assembleia com mobilização na próxima segunda-feira, dia 09, em frente a prefeitura de Soledade, a partir das 09 horas.

A legislação que rege o Fundeb (Lei 14.276) prevê que o percentual mínimo de 70% dos valores, repassados pela União aos estados e municípios, devem ser direcionados para a valorização salarial dos servidores da Educação. Estes recursos extras podem ser destinados ao pagamento dos profissionais da educação básica e poderão ser aplicados para reajuste salarial sob a forma de bonificação, abono, aumento de salário, atualização ou correção salarial.

O diretor do Sintab, Napoleão Maracajá, reagiu a tentativa da gestão de Soledade em reter os recursos do Fundeb e afirmou se tratar de um calote que a prefeitura tenta orquestrar contra os servidores. “Estamos diante de uma fraude anunciada”, disse Napoleão e alertou a todos que “isso pode ser um precedente para que outros calotes sejam praticados com outras categorias de servidores”. Monica Santos, vice-presidente do Sintab, conclamou a todos para ir às ruas lutar pelos seus direitos: “Não tem sentido o governo passar um negócio desse. Temos que ir para a rua, sim, e fazer essa luta”.

Bruno Rodrigues, diretor do Sintab Soledade, anunciou que o sindicato irá acionar também o Ministério Público com o objetivo de obrigar a gestão de Soledade a seguir a Lei na aplicação dos recursos federais, visto que a subvinculação determina que o rateio seja repartido entre os profissionais da educação. “E caso não resolva, vamos procurar o Poder Judiciário para se discutir o que é um direito de vocês”, disse na ocasião. Para mais informações, entre em contato pelo fone (83) 9-8806-7548 e 9-9969-0910 ou através das redes sociais do Sintab Soledade do Facebook e Instagram.

ASCOM/Sintab

CONFIRMADO: Sgt. Wellington Cobra entra na disputa e lança nome como Pré-Candidato a Deputado Estadual pelo MDB

Sargento Wellington Cobra, Pré-candidato a Deputado Estadual.

Com exclusividade ao Gabinete Paraíba, na manhã desse sábado, 02 de abril, o Sargento Wellington Cobra anunciou que está colocando  seu nome a disposição como Pré-Candidato a Deputado Estadual pelo MDB, nas próximas eleições de outubro.

Wellington Silva Barbosa, popularmente conhecido como Wellington Cobra, é Policial Militar da Paraíba há quase 20 anos, na última eleição de 2020, em sua primeira disputa eleitoral, foi candidato a Vice-Prefeito de Campina Grande, ao lado da ex-candidata Ana Claúdia Vital, obtendo uma expressiva votação e o segundo lugar nas eleições.

Sargento Wellington é uma figura pública bastante conhecida em Campina Grande e região, tendo um longo histórico de atuação em prol da população. Seu trabalho é reconhecido através de diversas condecorações e homenagens que já recebeu ao longo de sua vida, sendo a última homagem recebida nesse ano de 2022, quando foi escolhido por votação popular nas redes sociais, como o Melhor Policial Militar de Campina Grande no ano de 2021.

Segundo o policial, a escolha pela disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa a partir de 2023, surge de um apelo popular, incentivado por amigos, apoiadores do seu trabalho e pela população em geral,

“Dentre tantas missões e trabalhos que executei em minha vida, sem duvidas essa disputa será um grande desafio, mas coloco meu nome a disposição, desde já agradecido por tantos apoios e incentivos que tenho recebido, para poder representar os anseios dessa população na Assembleia Legistativa. Quero poder trabalhar pela melhoria da qualidade de vida de toda sociedade paraibana, por uma segurança pública de qualidade, pela garantia e ampliação dos direitos de nós servidores públicos e várias outras demandas que afligem hoje a todos nós”.

O policial ainda revelou que ao longo desse período, recebeu diversos convites de partidos e lideranças que buscaram o seu apoio, mas que através de muita reflexão, optou por ser Pré-Candidato pelo MDB,

“Nesses últimos meses recebi diversos convites de partidos e muitos políticos que gostariam de ter o apoio do nosso trabalho, mas desde 2020 construi uma relação muito boa com Senador Veneziano Vital e decidi aceitar o seu convite para colocar meu nome a disposição pelo MDB, acredito que podemos demonstrar nossa capacidade a população paraibana e alcançar mais esse objetivo, agora na Assembleia Legistativa”.

Conheça mais

Sargento Wellington Cobra, pai e irmãos, policiais militares.

Sargento Wellington Cobra é policial militar há quase 20 anos, atuou por mais de 10 anos na CPTRAN e atualmente compõe a esquipe do Batalhão de Operações Policiais – BOPE, ainda é Palestrante, Historiador, especialista em Ciências Criminais e Instrutor do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar da Paraíba.

O mesmo já ganhou diversos destaques por suas ações em defesa da sociedade e promoção da paz social, ganhando ainda mais reconhecimento por sua atuação e bravura mesmo estando de folga em diversas situações.

Sargento Wellington vem de uma família tradicional de Polícias Militares, Pai e irmãos, conhecido como os Cobras, os quais também são reconhecidos por se dedicarem ao serviço operacional e a promoção da paz através do trabalho.

Redação Gabinete Paraíba

Lula manda recado: “nós vamos ganhar as eleições na PB e montar uma chapa duradoura e vencedora”

Que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva constrói uma ampla frente de apoio à sua candidatura à Presidência não é nenhuma novidade. O que está ficando cada vez mais evidente, entretanto, é que Lula não vai deixar de fazer escolhas ou participar de vários palanques nós estados.

Por exemplo, Lula anunciou que seu candidato a governador do Rio de Janeiro será o deputado federal do PSB, Marcelo Freixo, decisão que desagradou o prefeito do Rio, Eduardo Paes – um nome de enorme relevância política e eleitoral, prefeito da segunda maior cidade do país, – que anunciou em seguida apoio à candidatura de Ciro Gomes.

Em São Paulo não adiantou o candidato do PSB ao governo de São Paulo, Márcio França, fazer beicinho: Fernando Haddad será o candidato de Lula no estado e ponto final. Tão importante para Lula quanto se eleger presidente é vencer em São Paulo e encerrar quase três décadas de governos tucanos no estado.

O mesmo vai acontecer em vários estados da Federação e, claro, também na Paraíba. Se Lula escolhe um palanque como fez em um estado importante como o Rio de Janeiro, imagine se ele tomara um atitude diferente na Paraíba? Foi o que o próprio Lula deixou claro em entrevista à Rádio Clube, de Pernambuco. Veja mais detalhes: https://leiaflaviolucio.com/2022/02/09/lula-nos-vamos-ganhar-as-eleicoes-na-paraiba-e-montar-uma-chapa-duradoura-e-vencedora/

Da Redação

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE FAGUNDES E QUEIMADAS TRAÇAM ESTRATÉGIAS DE LUTA PELO REAJUSTE DO PISO DO MAGISTÉRIO

O Sintab deu início a uma série de Assembleias entre toda sua base para mobilizar os profissionais da educação em defesa do reajuste de 33,24% do piso nacional do magistério, esclarecer informações sobre o rateio do Fundeb e deliberar sobre o início do ano letivo. Fagundes e Queimadas foram as primeiras a convocar os servidores para articular estratégias de luta para pressionar a gestão a garantir o reajuste do piso aos servidores ativos, aposentados e pensionistas.

Por meio remoto, os servidores de Fagundes decidiram, no dia 27, não iniciar as aulas sem que antes a gestão conceda o reajuste de 33,24% no piso do magistério, conforme estabelece a Lei 11.738/2008; já os servidores de Queimadas, no dia 28, traçaram uma estratégia diferente: mobilizará ações públicas para pressionar a gestão a garantir o reajuste do Piso. De acordo com o presidente do Sintab Giovanni Freire, “não há nenhum impedimento por parte de qualquer lei que impeça o reajuste de 33,24%”.

Giovanni também lembrou aos servidores que o novo Fundeb trouxe, por meio da luta da categoria, mais recursos para a educação com o rateio estabelecido no mínimo de 70%. A Portaria Interministerial MEC/ME nº 10 estabelece os parâmetros referenciais anuais do Fundeb. Em deliberação da assembleia, Queimadas acionará à Câmara Municipal para solicitar da gestão transparência sobre as despesas do Fundeb.

“Em Fagundes e Queimadas o grande problema é não ter o balancete finalizado e entregue ao sindicato para termos a noção de quanto será o repasse”, disse Giovanni. De acordo com a legislação, o gestor tem até abril deste ano para apresentar e transferir os recursos do Fundeb à educação. A gestão de Fagundes solicitou a direção do Sintab um prazo de entrega dos balancetes do Fundeb até o final desta semana.

Diante disso, o Sintab informa que irá cobrar das gestões o retroativo do reajuste do piso. Até o momento, 4 cidades da base do Sintab confirmaram o reajuste de 33,24% no piso do magistério: Montadas, Massaranduba, Serra Redonda e Riachão do Bacamarte. Para mais informações, entre em contato pelo fone (83) 3341-3178 ou através das redes sociais do Sintab no Facebook e Instagram.

[DESCASO] Parlamento Jovem visita escolas municipais abandonadas na zona rural de Itatuba e cobra providências

Na tarde da quarta-feira (3), o Parlamento Jovem de Itatuba, acompanhado do presidente da Câmara, Aécio Cavalcante (MDB), realizou visitas a duas escolas municipais na zona rural da cidade que estão abandonadas, após deterioração das estruturas e não conclusão de reformas. O problema, que já se arrasta há anos, volta à evidência no processo de retomada das aulas presenciais, interrompidas pela pandemia da Covid-19.

Foram visitadas as escolas José Barbosa de Medeiros e Antônio Rodrigues de Oliveira, localizadas nos sítios Jaty e Jacaré, respectivamente. Ambas as unidades educacionais passaram pelas últimas reformas estruturantes há mais de 20 anos e encontram-se desativadas devido às péssimas condições físicas. No início de 2020, um pacote de serviços da Prefeitura chegou a iniciar obras nos locais, mas foram interrompidas e até o momento não retomadas.

Veja as imagens dos locais:

Nas duas comunidades rurais, imóveis particulares foram locados pela gestão municipal para funcionarem de forma improvisada, enquanto que os prédios das escolas seguem abandonados.

O jovem parlamentar Wesley Souza, ex-aluno da Escola José Barbosa de Medeiros, onde foi alfabetizado, lamenta a situação. “É bem triste encontrar a escola assim. Os atuais alunos estão estudando de forma bem crítica em uma casa pequena e sem condições para aprender alguma coisa”, afirma Wesley.

O também jovem parlamentar Jeferson Santana relembra as memórias de convivência e aprendizado adquirido na Escola Antônio Rodrigues de Oliveira. “Aqui eu aprendi tudo. Aprendi a ler nessa escola. A gente brincava muito e se divertia bastante quando as aulas acabavam. São muitas memórias boas e é devastador encontrar a escola nesse estado. É lastimável. É preciso reconstruir e dar dignidade aos estudantes”, assegura Jeferson.

De acordo com o Presidente da Câmara, Aécio Cavalcante (MDB), a precariedade das escolas José Barbosa de Medeiros e Antônio Rodrigues de Oliveira não pode mais continuar e outras unidades educacionais ainda serão fiscalizadas pelo Poder Legislativo Municipal.

“Nossa visita é um misto de fiscalização, apelo e capacitação. Fiscalizar as condições estruturais da educação em nosso município, apelar ao Poder Executivo para que possibilite igualdade de ensino, com qualidade, entre os estudantes da zona rural e da zona urbana e capacitar os nossos jovens parlamentares dentro de tudo aquilo que o projeto propõe, que engloba a vivência de um vereador. Essas são as primeira visitas de muitas que faremos. Em Jaty e Jacaré, constatamos que as escolas estão totalmente deterioradas e inoperantes, sem quaisquer condições de receberem alunos, professores e auxiliares nesse processo de retorno ao ensino presencial. Assim como apelamos à prefeitura para que reconstrua os prédios em situação precária, pedimos o apoio do Ministério Público, tendo em vista que essas escolas são as únicas em ambas as localidades e as aulas estarem acontecendo em ambientes improvisados. Não pode continuar assim. Estamos fazendo um apelo. É preciso tratar as escolas de Itatuba com zelo”, diz o chefe do Poder Legislativo.

Desgaste da imagem de Romero junto às operações ‘Calvário e Famintos’ pode estar causando à demora na definição de seu futuro político

O ex-prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, presidente estadual do PSD, anunciou nesta sexta-feira (29) que vai adiar a decisão acerca de seu futuro político. Mas o que estaria por trás dessa marcha ré de Romero? Ontem (28) a imprensa estadual trouxe detalhes do envolvimento do ex-prefeito de Campina, como réu na ‘Calvário’, além do caso de ter sua gestão em Campina alvo da ‘Operação Famintos’, onde a Polícia Federal investiga fraudes em licitações para a distribuição da merenda escolar em Campina Grande que teria causado desde 2013 contratos sucessivos, que atingiram um montante pago de R$ 25 milhões. Outro ponto a se avaliar é o desgaste do passado de mais de três anos de críticas trocadas entre Romero Rodrigues e João Azevêdo, algo que pode não ser assimilado entre os seus aliados.

A indagação que fica é: será que a equipe do governador irá querer trazer na pessoa de Romero Rodrigues para seu palanque dois dos maiores casos de corrupção já investigados na Paraíba que são a ‘Operação Calvário’ e a ‘Operação Famintos’? Segundo Romero, ele precisa ampliar os contatos com os seus correligionários para aferir a aceitação dessa possível opção de alinhamento com o governador João Azevêdo (Cidadania). “A decisão vai estar muito vinculada ao amor e à reciprocidade com Campina Grande”, assinalou o ex-prefeito.

Romero na Calvário – A ação proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), no âmbito da Operação Calvário que foi enviada anteontem (27) para apuração da Justiça Eleitoral, trouxe à tona resquícios negativos que a imagem do ex-gestor campinense pode trazer para uma eventual aliança com o grupo do governador João Azevêdo. Sobre o envolvimento de Romero na Operação Calvário, a decisão foi tomada pelo juiz Alexandre José Gonçalves Trineto, da 1ª Vara Criminal de Campina Grande. A acusação contra Romero diz respeito à campanha eleitoral de 2012 quando ele disputava a prefeitura da Rainha da Borborema e teria recebido o que o MP chamou de “adiantamento de propinas” para manter e potencializar as operações do modelo de gestão terceirizada em órgãos municipais.

O magistrado entendeu que as acusações contra Romero feitas pelo Ministério Público atribuem a ele a prática do crime de falsidade ideológica eleitoral, o conhecido “caixa dois” eleitoral, previsto no Código Eleitoral. “(…) Declino da competência para a Justiça Eleitoral, determinado a remessa dos autos à Justiça Eleitoral desta cidade de Campina Grande”, assinalou o juiz. Veja detalhes: https://informaparaiba.com.br/2021/10/28/entenda-o-envolvimento-de-romero-rodrigues-nas-operacoes-calvario-e-famintos-e-os-danos-que-essas-ligacoes-podem-trazer-aos-seus-aliados/amp/

Romero na Famintos – OPERAÇÃO FAMINTOS – A ‘Operação Famintos’, desencadeada pela PF, que descobriu a atuação de uma ORCRIM – Organização Criminosa com fraudes milionárias na Prefeitura de Campina Grande, na ex-gestão do prefeito Romero Rodrigues, onde se desviava dinheiro da merenda escolar que seria destinada às crianças e jovens das creches e escolas da rede municipal de ensino em Campina. Tal operação já teve cinco fases deflagradas pela Polícia Federal. Onde já se investigou inclusive parentes do prefeito como sua prima a ex-diretora administrativa da Educação, Maria do Socorro Menezes de Melo e sua ex-cunhada Iolanda Barbosa que era a secretária de Educação e foi presa pela PF, numa das fases da operação. Confira detalhes: https://www.polemicaparaiba.com.br/cidades/campina-grande/operacao-famintos-justica-federal-torna-reus-integrantes-da-gestao-de-romero-rodrigues-em-campina-grande/

Troca de farpas – Em 22/12/2020, o então prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, entrava na Justiça contra as novas restrições impostas pelo decreto estadual 40.930/2020, do governador João Azevêdo. “No âmbito de Campina Grande, consideramos o decreto totalmente injustificável e desproporcional, por conta dos números e resultados que o Município apresenta neste momento em relação à Covid-19”, destacava Romero. https://portalcorreio.com.br/romero-judicializa-decreto-de-joao-azevedo/
Em contraponto no outro dia, o governador da Paraíba, João Azevêdo, lamentava a atitude de, Romero Rodrigues (PSD), que decidiu entrar na Justiça contra as novas restrições impostas pelo decreto estadual 40.930/2020. “É uma pena porque Campina Grande tem mais casos hoje do que teve em novembro. A cidade tem mais óbitos do que teve no mês passado e o prefeito toma uma medida como esta. Eu acho que realmente ele está equivocado, não está considerando que o município atende e é polo para setenta municípios e o número de leitos é suficiente apenas para a cidade, quando recebe recursos do Ministério da Saúde para atender a esses municípios dentro do plano de contingência”, destacava o governador.

Confira: https://paraibaonline.com.br/paraiba/governador-lamenta-atitude-do-prefeito-de-campina-grande-ao-judicializar-decreto-do-estado/

Outro ponto que mostra que está havendo dificuldade nesta aliança é que em 21 de agosto desde ano, o governador João Azevêdo revelava que iria definir a composição da sua chapa, tão somente após a votação da reforma eleitoral, algo que já ocorreu com o fim das coligações.


Redação

Um paraibano e uma difícil missão: Assumir a liderança do Congresso Nacional

Nessa última terça-feira (05), o paraibano Veneziano Vital, Vice-Presidente do Senado Federal e Presidente Estadual do MDB na Paraíba, assumiu oficialmente o posto de Presidente do Senado Federal e líder do Congresso Nacional, em virtude de uma viagem do titular do cargo, o Senador Rodrigo Pacheco (DEM), que participará, na Itália, de reuniões preparatórias para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática de 2021 (COP26), retornando no próximo dia 12.

Senador Rodrigo Pacheco e Senador Veneziano Vital, na passagem do cargo de Presidente do Senado.

A missão de Veneziano parece ser bastante simples por ser curta, até seria, se não estivéssemos tratando da política brasileira, onde nessa última década um dia se quer pode ser decisivo para uma mudança nos rumos do país, exemplos temos vários, apenas nesses últimos anos de Governo Bolsonaro, onde o país segue em níveis assustadores de instabilidade institucional e diante das decisões complexas do Congresso Nacional, estar a frente dessa missão, traz para Veneziano uma grande responsabilidade, para Paraíba um grande destaque.

Nos últimos anos, o Senador, que já foi Vereador e Prefeito de Campina Grande, como também Deputado Federal, tem se destacado como um dos mais importantes nomes da política paraibana e brasileira, com um perfil político que preza pelo constante diálogo, na resolução prática dos problemas enfrentados pela nossa população, atuando de maneira firme em favor da nossa democracia e não se omitindo em expor constantemente as suas opiniões sobre os principais debates que movem o nosso país.

Senador Veneziano Vital na Presidência do Senado

Essa postura fez de Veneziano um parlamentar muito respeitado por seus pares, um líder nato, prova disso que em menos de 4 anos de mandato como Senador, Veneziano, quando ainda estava no PSB, já foi líder do Bloco Senado Independente, que reunia partidos como a REDE, PSB, PDT e o PPS (Atual Cidadania), já no MDB, recebeu o reconhecimento por sua atuação e capacidade, sendo escolhido para ocupar o cargo de Vice-presidente do Senado pelo partido, como também foi convidado para liderar o MDB no seu estado.

Pela Paraíba, atende todos sem distinção, investindo ao longo dos últimos anos suas emendas parlamentares contemplando as necessidades de todos os municípios do estado, recebendo a todos em seu gabinete, motivos esses que arrancam elogios e o reconhecimento da própria oposição.

Por isso, indiscutivelmente podemos concluir, que Veneziano reúne em si as qualidades técnicas e políticas de um grande líder, alguém que faz jus à confiança da população que escolheu nele o seu representante, mas que atua em prol de todos sem distinção. Assumir a Presidência do Senado, sem duvidas é uma grande missão, mas que está à altura das suas capacidades e atuação, provando mais uma vez que a Paraíba possui grandes políticos e referências na qual podemos confiar.

Redação Gabinete

João Azevêdo anuncia lançamento do Edital do concurso da Polícia Civil com 1.400 vagas

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (27), o lançamento do Edital do concurso público da Polícia Civil com a oferta de 1.400 vagas. O Edital será publicado na próxima quarta-feira (29), no Diário Oficial do Estado. O anúncio foi feito durante o programa Conversa com o Governador, transmitido em cadeia estadual pela rádio Tabajara e pelas redes sociais do governo. 

Governador João Azevêdo

Na ocasião, o governador comentou que este é o maior concurso que a Polícia Civil já teve. “Isso é o reconhecimento ao esforço de todo um segmento de funcionários e servidores que têm desempenhado um papel importantíssimo para a Paraíba e para a sociedade, fazendo com que o estado tenha uma segurança que se caracteriza pela sua eficiência, sendo classificada como a quinta melhor do Brasil e a segunda melhor segurança do Nordeste. Isso acontece por conta do trabalho de homens e mulheres que fazem a segurança pública no estado”, frisou.

O governador também recordou que a Polícia Civil já recebeu autonomia financeira e administrativa e teve mais de 800 promoções. “A Polícia Civil receberá, em breve, um reforço de novas pessoas que serão aprovadas nesse concurso. Muito me alegra poder, ainda neste mês de setembro, publicar o Edital para este concurso. Assim, vamos fortalecer a estrutura de entrada no serviço público pela porta da frente. Esse é um Governo que já realizou ou está em processo de realização de seis concursos públicos e já fez mais de 20 chamamentos simplificados”, finalizou.